Logo
 
Bahia, sexta-feira, 15 de outubro de 2021
INTERNET SEGURA
TWITTER CARLOS GEILSON
OUÇA JORNAL TRANSAMÉRICA
BAN UNITÉCNICA
Central de Polícia
 
 
PrintImprimir | Enviado por Carlos Geilson - 24.8.2021 | 18h35
 
Brasil

Mulher tem provador invadido após segurança dizer que ela era homem

Uma mulher foi vítima de discriminação em uma unidade das Lojas Renner, no último sábado (21), enquanto usava o provador feminino, a vítima, que tem cabelo curto e conta que é lésbica, foi surpreendida por uma funcionária. A atendente abriu a cabine enquanto ela se trocava, chamando ela de "moço", após ter sido contatada por um segurança, que afirmou que ela era um homem. O caso se espalhou após um vídeo, filmado pela vítima, circular pelas redes sociais.

Amanda Vieira, de 28 anos, relata que ficou em choque no momento do ocorrido. Ela entrou no provador feminino para experimentar uma calça. Minutos depois ouviu um telefone tocar e, na sequência, a funcionária passou a chamá-la, dizendo: "Moço, onde você entrou?".

Ela afirma que, por não achar que a atendente falasse com ela, não respondeu, e esta abriu a cabine enquanto dizia "o seu é o de lá", conta. Ao vê-la sem parte da roupa, a atendente teria notado o engano, deixando Amanda em estado de choque. "Ela fechou o provador, e eu fiquei um tempo lá dentro. Não sabia nem o que fazer. Liguei pra uma pessoa e perguntei o que devia fazer. Dei uma acalmada, procurei a gerência e conversei com o rapaz do vídeo", conta.
 
Separador
Página Inicial
Perfil
Adicionar a Favoritos
Busca
Links
 
Histórico
2021
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out |
2020
Jan | Fev | Mar | Abr | Mai | Jun | Jul | Ago | Set | Out | Nov | Dez |